18 de out de 2009

Montreal - de novo :)

Bem,
neste final de semana estamos de novo aqui em Montréal. A prova da Ordem estava marcada para 16, 17 e 18 e hj finalmente é o terceiro e ultimo dia de "maratona" para o JR.
No primeiro dia, provas de diagnostico, plano de tratamento e radiologia, tinha 18 pessoas fazendo. Um dia inteiro de provas e de stress, afinal o diagnostico é muito subjetivo e tem questões que erradas anulam certas. JR entrou e saiu tranquilo, disse que nao da para prever nada, que a prova de estações é muito rápida, sao 100 questões e cada vez que a campainha tocava para mudar de estação, ele levava um susto.
A pratica foi ontem e esta sendo hj, tem 8 pessoas fazendo, eles passam os trabalhos à serem feitos e cada um se vira. Eles ficam com o manequim para avaliar depois, no final do dia.
Mais detalhes ele pode dar, eu sou so telespectadora e ouvinte do que ele me conta. Na hora em que ele chega, evitamos de falar muito sobre a prova para que ele relaxe e dê uma espairecida. Duas coisas que me chamam atenção à cada prova é o numero de árabes (na sexta pela manha tinham no mínimo 13, todos se conhecem e ficam sempre juntos) e tb o fato de somente 2 pessoas fazerem a prova em francês, o resto tudo em inglês( inclusive o JR)....É isso, até o final de 6 semanas o resultado chega... a espera é longa.
No mais, enquanto o JR faz a prova nos aproveitamos para rezar no Oratório, passear e estudar. Os meninos revêem os amigos e nos tb. Vir aqui é sempre muito agradável.
Queria agradecer muito as ligações, e-mails de todo mundo que torce pela vitoria do JR e que esta rezando para que ele consiga ficar tranquilo e se lembre de tudo que ja estudou. Agradecer tb aos amigos de Montréal, Rogério/Lu, Wells/Suzel e famílias pelo acolho. Tenho certeza que toda oração esta fazendo efeito. Cada uma destas pessoas estão nas nossas orações tb.
à la prochain,
Camila

14 de out de 2009

tempo de reflexão ...

Recebi este texto num curso que fiz, achei bem legal e adequado para quem tem coragem de mudar alguma coisa em sua vida.

" Risquer "
Rire, c'est risquer d'être ridicule.
Pleurer, c'est risquer d'avoir l'air sentimental.
Tendre la main vers l'autre, c'est risquer l'engagement.
Exposer ses rêves et ses idéaux aux autres, c'est risquer de les perdre.
Exprimer ses sentiments, c'est risquer de révéler as véritable nature.
Aimer, c'est risquer de ne pas être aimer en retour.
Vivre c'est risquer la mort.
Espérer, c'est risquer la déception.
Essayer, c'est risquer l'échec.
Mais on doit risquer, car le plus grand danger dans la vie est de ne pas prendre de risques.
La personne qui ne risque rien ne fait rien et n'a rien. Elle évite peut-être la souffrance et le chagrin, mais elle ne peut rien apprendre, rien sentir, rien changer, elle ne peut ni croître ni vivre. Enchaînée pas ses certitudes, elle en est l'esclave. Elle a perdu sa liberté.
Seule une personne qui prend des risques est libre.
Anonyme


3 de out de 2009

Oi...

Que tempão!!!
estamos na correria... acabou o verão, começou a chuva e o friozinho está batendo na porta.
Estou cursando algumas materias da prescrição que recebi da Ordem dos HD e fazendo curso intensivo aos sábados.
Os meninos estão na natação, judo, patinação... uffa que maratona!
A Lara esta adorando a escola nova e o Vitor continua gostando da antiga, cada dia mais ambientado.
E adivinha o JR? Esta estudando para a prova da ordem... nossa, isso nao acaba nunca? To ate cansada de escrever sobre a ordem. Mas é a vida e no final de outubro teremos mais um capitulo desta novela.
Ah, dia 5 é nosso aniversario de casamento. Decidimos renovar este contrato mais uma vez :))
13 anos de casados... olha que nao é moleza nao. Sabe porque estamos ainda felizes? Porque Deus toma conta de nos e de nossa união. Deixe Ele entrar na sua casa que os milagres vao começar a acontecer. Ele ainda manda anjos para estar ao seu lado e te ajudar... maravilhoso!
Aqui em Québec tem brasileiro demais, por acaso é a cidade da vez? Vamos ter que começar a fazer um censo (obrigada Vitoria pela correção). rsrsrs
bj e ate mais,
Camila