23 de jul de 2010

Boas notícias para os dentistas!

Olá colegas de profissão que estão querendo vir para o Canadá!

Tenho recebido muitos e-mails de brasileiros dentistas loucos para vir pra cá, mas perdidos de tudo. Então resolvi investigar para ver quais as novidades, pois este processo está sempre mudando.
Recentemente houveram mudanças no processo de equivalência dos diplomas brasileiros de dentista. E foram mudanças boas! Quando eu comecei o processo, haviam 2 formas, uma mais demorada e outra mais rápida.
A mais demorada era pela parte inglesa onde os candidatos tinham que refazer alguns anos da faculdade e para isso deveriam fazer uma prova que era eliminatória, ou seja, o candidato concorria com outros para conseguir a vaga na faculdade.
A mais rápida era pelo Québec, através das provas da ordem dos dentistas da província. Com muito esforço, tínhamos que obter a nota mínima para passar, sem concorrer com outros candidatos.
Isto tudo agora é passado!
Agora quem controla tudo é o NDEB do Canadá. Funciona como o processo pelo Québec mas com a vantagem de não ter que ficar por aqui e ser obrigado a aprender francês! Para nós brasileiros que aprendemos o inglês na escola e sempre fazemos cursos fora para complementar, isso é bom. Além do mais, todo o material de estudo para as provas é em inglês.
Ainda pode-se voltar à faculdade se conseguir uma nota alta na prova inicial, para quem quer ter mais firmeza de como trabalhar da maneira canadense.
Os custos das provas continuam basicamente os mesmos, muito caros por sinal, somente a análise do dossiê ficou mais barata. Quem já tinha dossiê na ODDQ pode tranferi-lo para o NDEB.
Com isso não se é mais obrigado a ficar aqui no Québec. Pode-se escolher qualquer província e normalmente dentistas das províncias inglesas ganham em torno de 20% a mais que aqui no Québec. Eu, que já estou instalado aqui e as crianças adaptadas ao francês, vou ficando no Québec, mas se fosse assim antes, quando comecei o processo, teria ido a Alberta ou para Columbia Britânica, onde os dentistas ganham bem mais no Canadá. Paciência...
Desejo então muita sorte e estudo para vcs!


14 de jul de 2010

2 anos de Canada!!!

Amanha é dia de festa de aniversario aqui em casa... faremos 2 anos de Canada. Uma mudança muito radical, que mexeu muito com nossa vida. E eu que achava que a entrevista para o Québec seria o passo mais difícil para toda esta jornada!
Em todo este tempo passamos por muita coisa, quebramos muitas barreiras e descobrimos outras. Conhecemos muita gente boa, fizemos amizades solidas e descobrimos verdadeiros amigos que deixamos no Brasil. Sobre a saudade... nem se fala, o jeito é ir administrando.
As crianças estao completamente integradas, sinceramente acho que as crianças brasileiras se destacam nas escolas daqui justamente pq sao espertas, vêm de uma educação conteudista e ainda tem o privilegio de desfrutar do melhor da imigração. Percebo que, após estes 2 anos, eles nao sao mais estrangeiros e sim filhos deles rsrsrs. O Vitor é quebecois total ao ponto de estudar historia e dizer que é a nossa estoria de civilização. A Lara faz serviço de gardenagem e as maes so descobrem que é estrangeira quando me encontram...
Quanto aos adultos desta casa, o JR esta conquistando seu espaço, logico que lentamente pq toda a consolidação da arte de se comunicar numa terceira lingua vem lentamente... afinal nossos neuronios sao velhinhos tb :). Eu continuo estudando, as vezes animadíssima, algumas vezes nem tanto. Uma coisa ficou clara para nos, nao existe esta estoria de que as conquistas sao impossíveis para os estrangeiros. JR passou na ordem, eu entrei no cegep para higienista e estou fazendo algumas materias que a ordem me exigiu, tb entramos os dois no mestrado na faculdade de odonto daqui.
Digo sempre, estes primeiros 2 anos foram para esquentar os tamborins, o futuro à Deus pertence mas Ele nos da muito talentos e todos que caírem em nossas maos serao desenvolvidos.
Que venham novos desafios!!!

Quanto ao macaco da postagem à baixo... nao se preocupem, o nome disso é sinceridade. Decidimos ter o blog e nao escreveremos aqui so as alegrias.
Obrigada por todas as ligações de apoio!