23 de nov de 2009

Os 10 mandamentos da prova da ordem

Saiu o resultado da ultima prova da Ordem...



























PASSEI DE NOVO!!!!!!! NAS 2 PROVAS!!!!!!!!!! IUHUUUUU


Agora tenho certeza que não existe carta marcada, marmelada, contingenciamento.
Tenho certeza de 2 coisas: quem se prepara e se esforça consegue, e que tem que ter uma boa reserva financeira, porque o trem é caro.... bota caro nisso!

Conselho para quem quer tentar:
0- Tenha Deus como seu amigo, pois Ele vai te ajudar quando estiver desanimado. Peça para Ele te aumentar a memória, evite pedir um HD novo pois ele pode vir vazio...
1- Venha com condições financeiras para que vc possa ficar 1 ano e meio ( no mínimo) sem trabalhar...
2- Não acredite em lendas, confie no seu taco, não ache que a Ordem está lá para te ferrar, ou para tomar seu dinheiro e no fim acabar com vc, não seja vitimista!!!
3- Estude muito, não subestime a prova, pois ela é difícil, mas não impossível.
4- Evite estudar somente através de questões achadas na internet, ajuda, mas não é tudo, e lembre-se: aqui as pessoas levam as coisas a sério, não seja o brasileiro que quer dar um jeitinho em tudo. Os livros são a maior fonte de informação.
5- tenha um bom ritmo de estudos: 30 hs por semana é mais que suficiente, faça seu horário.
6- De jeito nenhum arrume emprego, isso te toma tempo e te deixa cansado para estudar, além de tirar o foco, seu trabalho neste caso é estudar.
7- Bote na cabeça que estudar é prioritário. Eu tinha 15 anos de formado e voltei a ser estudante. Pegava ônibus, ia pra biblioteca, as vezes até de bicicleta. (foco é tudo).
8- Festas e diversões? só se fosse de alguém muito próximo. Amigo é aquele que quando vc diz que precisa estudar, ele entende e até oferece de levar suas crianças! (como no meu caso)
9- A ajuda da família é fundamental, afinal ela sofre junto com vc. Seu parceiro (a) tem que ter cumplicidade, pois senão vc sucumbe...
10- E bons estudos!!! Pois não acredito em "sorte" neste caso. Planejamento é muito importante, sem ele as coisas começam a embolar e daí não se consegue mais desfazer.
Agradeço a minha esposa, filha e filho, por ter entendido quando tive que faltar apresentações, deixado de estar junto nos fins de semana e por me apoiar o tempo todo. Agradeço meus amigos que nas horas de desânimo, palavras de incentivo me deram forças para continuar a árdua batalha de voltar a ser estudante. Agradeço a Deus por ter me dado tranquilidade e serenidade para enfrentar todo o stress desta fase que para mim durou 2 anos. E agradeço a todos que acompanharam o blog e torceram por mim em busca de uma luz no fim do túnel, uma esperança no meio de todas as dúvidas.

José Roberto